Caríssimos associados,

A Presidente e Comissários Gerais vêm dar, em primeiro lugar, os Parabéns aos Chefes que, de uma forma ou de outra, mantiveram o contacto com os seus elementos e famílias, mantendo o nosso movimento vivo na prática e visível nas piores condições. Têm sido tempos de adaptação e o escuteiro/guia deve ser o culminar desse engenho que se aguça na necessidade. Também damos os

Parabéns aos nossos elementos, e respectivas famílias, que se mantiveram fiéis à sua promessa e continuaram connosco nesta caminhada difícil.

É por esta união fraterna que trabalhamos todos os dias, pela fidelidade à nossa pátria através da responsabilidade civil e pessoal em nos mantermos a nós e aos outros seguros.

A União nasceu depois de tempos muito difíceis para a Europa, para que os jovens não se sentissem mais sozinhos nem esquecidos nos seus países. Hoje em dia atravessámos oceanos e os Comissários Gerais, em conjunto com o Comissariado Federal, trabalham precisamente para que esta união seja cada vez mais forte. Surgiu o momento de mostrar porque somos Guias e Escuteiros da Europa. Mantivemos contacto, lançámos desafios para o exterior e recebemos respostas. Hoje, mais do que nunca vemos o resultado de um trabalho feito ao longo de décadas: em campo aprendemos a adaptarmo-nos às condições que nos são apresentadas.

Continuem a erguer-se à altura deste desafio, tal como o têm demonstrado até agora!

Estamos convosco, os nossos pensamentos e orações continuam a ser para vós, a vossa família e elementos. Que a força de Deus continue a empurrar-vos pois dias melhores virão provar que o vosso esforço não foi em vão!


A Presidente,
Ana Patrícia Almeida, RS


Os Comissários Gerais,
Catarina Raimundo, RS
Tiago Duarte, RS